• Redação

Jovem que mutilou e matou irmão de 5 anos tem esquizofrenia, aponta laudo

Um laudo pericial apontou que a jovem presa por mutilar e matar o irmão de cinco anos tem esquizofrenia. O crime aconteceu em São Roque, no dia 4 de abril do ano passado..

Karina Aparecida da Silva Roque foi detida em flagrante por torturar e tirar a vida da criança.

A Justiça ainda não se pronunciou sobre a situação, mas o advogado Joel Fernando Ribeiro de Oliveira afirma que possivelmente a ré será absolvida do crime por ser inimputável e sofrerá a medida de segurança de internação. O juiz havia autorizado que a jovem fizesse um exame de sanidade mental. O caso corre pela comarca de São Roque.

Segundo a defesa de Karina, os fatos registrados no processo traziam elementos que levavam a crer que Karina poderia não estar mentalmente apta. No caso, o laudo apontou que ela é considerada inimputável, quando, por doença psíquica, não se pode punir a ré de acordo com o processo de execução penal. Em 6 de maio, o Ministério Público denunciou Karina por homicídio qualificado, tentativa de homicídio contra o tio, ocultação de cadáver, alteração do local dos fatos e crime ambiental por ter mordido um cachorro, que foi salvo por pessoas que flagraram a agressão. Ela foi presa em flagrante e aguarda o trâmite do processo na Justiça de São Roque. A detenta foi levada para a Penitenciária Feminina "Santa Maria Eufrásia Pelletier" de Tremembé.

Relembre o caso

Inicialmente, Karina, de 18 anos, confessou à Polícia Militar que asfixiou o irmão Maycon Aparecido da Silva Roque com um travesseiro, na casa da família, no bairro Gabriel Pizza. Depois que o menino já estava morto, segundo o boletim, ela contou que furou os olhos do menino, decepou e comeu o pênis e ainda queimou os pés dele. Após ser encaminhada à delegacia, Karina permaneceu em silêncio, não confirmando a versão apresentada inicialmente à PM no local do crime. Na ocasião, vizinhos relataram terem ouvido "gritos de desespero" vindos da casa da família, no bairro Gabriel Pizza. À polícia, mãe e tio disseram que a jovem se dava bem com o irmão, porém começou a apresentar um "comportamento alterado" na semana do crime. O corpo de Maycon foi velado e enterrado um dia após o crime, em 5 de abril, no Cemitério da Paz em São Roque.

Fonte G1 Sorocaba

0 visualização

Institucional

Onde nos encontrar

Praça da Matriz, 38 - Centro - São Roque - SP
Cep: 18130-330

ACOMPANHE-NOS NAS REDES SOCIAIS

  (11) 9 3330-3094

  (11) 4712-9348

  • Instagram
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle

©2015 - radiocolunafm.com.br - Todos os direitos reservados