• Redação

Justiça determina retorno da operação do transporte coletivo em São Roque

A prefeitura informou que espera que Sindicato respeite decisão judicial, sendo necessário o usuário aguardar comunicado da Empresa sobre retorno da circulação dos ônibus Confira a nota da prefeitura O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª região (Campinas-SP) determinou o retorno da operação do transporte coletivo em São Roque. A decisão, proferida pela desembargadora Tereza Aparecida Gemignani, no começo da noite desta quarta-feira (25), atende pedido de Tutela de Urgência formulado pelo Departamento Jurídico da Prefeitura de São Roque. Além do retorno, prevê a disponibilização de 60% da frota em horários de pico e 40% da frota no restante do dia. No caso de descumprimento, impõe pagamento de multa de 5 mil por trabalhador que descumprir a determinação. Por fim, designa Audiência de Conciliação para o dia 30/03, com participação de todas as partes envolvidas. O prefeito Claudio Góes destaca a importância da decisão, dada a necessidade do transporte coletivo, principalmente para atender às pessoas que trabalham nos setores de Saúde, Segurança e outros serviços essenciais necessários à sobrevivência. "Esperamos que o Sindicato respeite a decisão judicial para que os ônibus voltem a circular, o mais breve possível", conclui. Paralisação Desde segunda-feira (23), o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba Região suspendeu a operação de todas as linhas de transporte coletivo em São Roque e mais 42 cidades da região de Sorocaba. De imediato a Prefeitura Municipal notificou a Empresa Mirage para prestar informações e providências a respeito. A Empresa destacou que foi surpreendida e impugnou a postura do Sindicato, considerando a atitude arbitrária, já que não houve aviso prédio aos usuários do transporte coletivo e nem manutenção dos 30% de serviços essenciais garantidos por lei. Na sequência a Prefeitura ingressou com o pedido de tutela de urgência decidido hoje.

1,054 visualizações