Casas lotéricas são fechadas após decisão judicial - Em São Roque a Polícia Militar avisou todas




O juiz federal da 1ª Vara de Duque de Caxias (RJ), Márcio Santoro Rocha, determinou na última sexta-feira (27) que o decreto expedido pelo presidente Jair Bolsonaro, colocando igrejas, templos religiosos e casas lotéricas como serviços essenciais durante a quarentena não tem mais validade. A determinação vale para todo o território nacional por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).


O acesso a igrejas, templos religiosos e lotéricas estimula a aglomeração e circulação de pessoas", escreveu o juiz federal na decisão, conforme publicou a imprensa com dados da sentença.


Rocha ainda escreve que é "nítido que o decreto (de Bolsonaro) coloca em risco a eficácia das medidas de isolamento e achatamento da curva de casos da Covid-19, que são fatos notórios e amplamente noticiados pela imprensa, que vem, registre-se, desempenhando com maestria e isenção seu direito de informar", atesta o documento.





Para o juiz, a manutenção da quarentena, que inclui esses serviços, é fundamental "para que o sistema de saúde – público e privado – não entre em colapso, com imprevisível extensão das consequências trágicas a que isso pode levar". Como alternativa, o juiz federal lembrou que cultos, missas ou manifestações religiosas não estão impedidas, mas podem ser realizadas pela internet ou em casa durante esse período.


A decisão foi em resposta a uma ação civil pública, com pedido de liminar, movida pelo procurador Julio José Araujo Junior, do Ministério Público Federal.


Com dados de Mídia Brasil



Institucional

Onde nos encontrar

Praça da Matriz, 38 - Centro - São Roque - SP
Cep: 18130-330

ACOMPANHE-NOS NAS REDES SOCIAIS

  (11) 9 3330-3094

  (11) 4712-9348

  • Instagram
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle

©2015 - radiocolunafm.com.br - Todos os direitos reservados